PROCESSO SELETIVO 2023 INSCREVA-SE

CURSOS PÓS-GRADUAÇÃO

19 x R$ 99,00
19 x R$ 79,20
FAZER INSCRIÇÃO
  • Plataforma EAD disponível 24 horas
  • Professores renomados
  • Autorizados pelo MEC
* Especialização em Enfermagem do Trabalho

* Especialização em Enfermagem do Trabalho

Carga Horária: 400 horas
Local: 100% EAD

Objetivos

Capacitar os profissionais da área da saúde com trabalho voltado a Saúde do Trabalhador.

Publico Alvo

O Curso destina-se aos portadores de diploma de Curso Superior com formação na área da Saúde, em especial ao Bacharelado em Enfermagem.

Mais Informações

Base Legal do Curso de Especialização em Enfermagem do Trabalhador é  de acordo com com Resolução do Conselho Nacional de Educação nº 1, de 6 de abril de 20218, publicado no DOU nº 67, em 09/04/2018, seção 1, p.43.

   

Investimentos:

01 parcela de R$ 1.490,00 - com desconto de 20% = R$ 1.192,00

06 parcelas de R$ 265,00 - com desconto de 20% = R$ 212,00

12 parcelas de R$ 145,00 - com desconto de 20% = R$ 116,00

19 parcelas de R$ 99,00 - com desconto de 20% = R$ 79,20

Benefício de 20% de desconto em quaisquer um dos planos

* Optando em realizar o Trabalho de conclusão de curso - TCC, será cobrado uma taxa no valor de R$ 300,00, (Trezentos Reais).

Informações Gerais sobre os conteúdos programáticos que serão desenvolvidos no decorrer da Especialização em Enfermagem do Trabalho

1 – Saúde do Trabalhador - 20horas

Introdução e histórico sobre a saúde ocupacional: Reconhecer o conceito da saúde ocupacional no Brasil; descrever o histórico da saúde ocupacional no Brasil; identificar os aspectos legais que regulamentam a saúde ocupacional.

Enfermagem na saúde do trabalhador: Reconhecer o conceito de Enfermagem na saúde do trabalhador; explicar a legislação relacionada à atuação do enfermeiro em saúde do trabalhador; desenvolver um plano de assistência de enfermagem na saúde do trabalhador.

2 – Doenças Ocupacionais - 50horas

 Doenças ocupacionais: Diferenciar doenças ocupacionais das demais enfermidades; identificar as possíveis causas das doenças ocupacionais; relacionar a doença com as atividades laborais.

A educação na saúde laboral e nas doenças ocupacionais: Definir a educação na saúde laboral e nas doenças ocupacionais; descrever as possíveis estratégias educacionais na saúde laboral e nas doenças ocupacionais; identificar o papel da enfermagem no processo educativo na saúde laboral e nas doenças ocupacionais.

Doenças ocupacionais: LER e DORT: Reconhecer os sinais e os sintomas das doenças ocupacionais LER e DORT; identificar fatores de risco no trabalho que predispõem LER e DORT; desenvolver um plano de medidas preventivas de doenças ocupacionais.

Assistência de enfermagem às doenças ocupacionais: Identificar o papel da enfermagem na assistência às doenças ocupacionais; descrever o papel da enfermagem no Serviço Especializado em Engenharia de Segurança e em Medicina do Trabalho (SESMT). desenvolver um plano de assistência de enfermagem para doenças ocupacionais.

Riscos Ocupacionais: Reconhecer os riscos ocupacionais; identificar os riscos originados no ambiente de trabalho; listar os riscos ocupacionais

3 – Políticas Públicas em Saúde do Trabalhador - 40 horas

Legislação do Sistema Único de Saúde (SUS): Descrever o contexto em que o SUS foi criado; definir os conceitos teóricos das diretrizes e dos princípios do SUS; identificar, em exemplos de situações na prática, a base teórica sobre a qual o SUS foi construído.

Sistema Único de Saúde (SUS): Reconhecer a estrutura do Sistema Único de Saúde (SUS)e suas principais normativas; identificar seus princípios e diretrizes; destacar os avanços e desafios do SUS.

Políticas públicas de saúde e legislação em saúde do trabalhador: Listar as políticas públicas de saúde relacionadas à saúde do trabalhador no Brasil; identificar as bases legais para as ações e a atenção à saúde do trabalhador; descrever o papel dos profissionais de saúde na atenção à saúde do trabalhador.

Políticas Públicas de Atenção à Saúde do Trabalhador: Identificar as políticas públicas de atenção à saúde do trabalhador; construir melhores estratégias de políticas públicas de atenção à saúde do trabalhador e suas aplicabilidades; diferenciar as formas de riscos e agravos na saúde do trabalhador

4 – Normas Regulamentadoras – 10 horas

Normas Regulamentadoras - NR´s.: Identificar as normas regulamentadoras do Ministério do Trabalho e Emprego; relacionar as normas regulamentadoras adequadas à situação analisada; construir meios de implementação das normas regulamentadoras.

5 – Saúde do Trabalho no Teletrabalho - 10 horas

A saúde do trabalhador em teletrabalho: Explicar os pressupostos básicos da saúde do trabalhador no Brasil; identificar a relação da saúde do trabalhador com a vigilância em saúde; descrever ações de promoção à saúde do trabalhador.

6 – Urgência e Emergência - 70 horas

Urgências e emergências em saúde do trabalhador: Identificar a diferença entre urgências e emergências na saúde do trabalhador; definir os tipos de acidente do trabalho; descrever a atuação do enfermeiro no atendimento a urgências e emergências na saúde do trabalhador.

Emergência x urgência; sinais x sintomas: Identificar os sinais e os sintomas que indicam a urgência no atendimento de suporte básico de vida; enumerar as situações que podem gerar o atendimento de urgência ou emergência; descrever as classificações de risco no atendimento de urgências e emergências.

Protocolos para emergências clínicas e traumáticas: Identificar os casos de emergências clínicas e traumáticas. Enumerar os diferentes protocolos existentes para as emergências clínicas e traumáticas e suas respectivas áreas de atuação; reconhecer as classificações de risco no atendimento de urgências e emergências, por meio do uso dos protocolos específicos.

Cuidados de enfermagem aos pacientes em parada cardiorrespiratória e crise hipertensiva: Identificar os sinais dos diferentes ritmos de parada cardiorrespiratória; descrever a conduta em casos de parada cardiorrespiratória em neonatos, crianças e adultos; diferenciar as manifestações clínicas e as condutas assistenciais da emergência hipertensiva e da urgência hipertensiva.

Hipertermia e Insolação: Identificar sinais de hipertermia e insolação e suas consequências à saúde; organizar ações de socorro para emergências causadas por insolação; elaborar ações de socorro para emergências causadas por hipertermia.

Intoxicações e Envenenamentos: Descrever as características e a sitomatologia das intoxicações e dos envenenamentos; elaborar ações de socorro para emergências causadas por envenenamento; organizar ações de socorro para emergências causadas por intoxicação.

Emergências clínicas associadas à perda da consciência e a alterações no sistema cardiovascular: Reconhecer as alterações sofridas pelo sistema nervoso central que podem levar à perda súbita de consciência; enumerar os diferentes protocolos existentes para as emergências clínicas de verificação dos sinais cardíacos e respiratórios em pessoas acidentadas; identificar as principais características clínicas e sinais por meio de alterações no sistema circulatório ou cardiovascular do indivíduo acidentado.

7 – Legislação aplicada a saúde do trabalhador - 40 horas

Legislação e normas regulamentadoras relacionadas à saúde do trabalhador: Descrever a evolução da legislação trabalhista no Brasil; Discutir a legislação complementar relacionada à saúde do trabalhador; explicar a importância das Normas Regulamentadoras (NR).

Princípios, relação de emprego e direitos trabalhistas: Definir direitos trabalhistas e como se deu a sua construção histórica; identificar os princípios basilares dos direitos trabalhistas brasileiros; reconhecer os dispositivos legais de defesa dos direitos trabalhistas e os seus desafios no Brasil contemporâneo.

O direito do trabalhador e as atuais tendências previdenciárias: Explicar a relação entre direito do trabalhador e previdência social; Resumir as atuais tendências previdenciárias diante das mudanças no mundo do trabalho; Analisar os principais desafios postos ao direito do trabalho e à previdência social.

Hora extra e adicionais: Enumerar as situações em que o empregador deve pagar hora extra; Calcular os adicionais por insalubridade, inclusive sobre hora extra regular e noturna, e respectivos impactos sobre DSR, férias e 13º salário; Identificar circunstâncias que caracterizem periculosidade e os respectivos impactos sobre hora extra regular e noturna, DSR, férias e 13º salário.

8 – Ética no Trabalho - 30 horas

Código de ética da profissão: Conhecer o Código de Ética da Enfermagem (Resolução COFEN nº 311/2007); identificar os direitos e deveres dos profissionais de enfermagem; refletir sobre a importância do cumprimento do Código de Ética da Enfermagem.

Ética profissional em enfermagem: Conceituar ética e bioética em enfermagem; definir os princípios éticos que norteiam o exercício da profissão; identificar as diferenças entre negligência, imperícia, imprudência, crime, dolo e culpa.

Aspectos éticos e legais do exercício profissional em enfermagem: Reconhecer os erros em enfermagem; definir os conceitos de negligência, imperícia, imprudência, crime, dolo e culpa; identificar as sanções e punições as quais os enfermeiros estão sujeitos em caso de erro por negligência, imperícia, imprudência

 8 – Consultoria em Enfermagem do Trabalho - 30 horas

O que é ser um consultor: Identificar as principais funções de um consultor organizacional; reconhecer a regulamentação da função de consultor; mostrar os tipos de serviços existentes em consultoria organizacional

Amplitude da Consultoria: Identificar as características que compõem a amplitude de atuação do consultor; reconhecer os diferentes modelos de amplitude da consultoria; analisar as diferentes possibilidades na escolha de atuação de um consultor em relação ao seu cliente.

Tipos de consultoria: Identificar os diferentes tipos de consultoria partindo da visão macro até a visão micro; reconhecer as diversas possibilidades e articulações que um consultor pode ter quando utiliza diferentes tipos de serviços; analisar, sobre a óptica do consultor, as diversas possibilidades que implicam a escolha de um ou outro modelo de consultoria

9 – Ergonomia no Trabalho - 50 horas

Análise Ergonômica do Trabalho (AET): Descrever o processo de análise ergonômica do trabalho (AET); discutir a sequência lógica da análise ergonômica do trabalho para resolver os problemas no ambiente de trabalho; resolver problemas ergonômicos utilizando a análise ergonômica do trabalho.

Ergonomia no trabalho: Identificar os principais aspectos ergonômicos relacionados à saúde do trabalhador; descrever uma análise ergonômica do trabalho; explicar a atuação do enfermeiro na saúde ergonômica do trabalhador.

Antropometria: Escala humana: Enumerar as aplicações da antropometria na ergonomia; descrever o processo de compatibilização no projeto de produtos e do ambiente de trabalho; resolver problemas ergonômicos mediante o uso da antropometria.

O Sistema Homem-Tarefa-Máquina (SHTM): Dispositivos e controle: Definir os conceitos do sistema homemtarefa-máquina (SHTM); descrever os aspectos ergonômicos relativos à usuário, informações e controle; aplicar os conceitos do sistema homemtarefa-máquina (SHTM) em situações práticas no ambiente de trabalho.

Antropometria e laudos ergonômicos: Listar os tipos de laudos ergonômicos; relacionar a antropometria com os laudos ergonômicos; elaborar um laudo ergonômico.

10 – Biossegurança no Trabalho - 50 horas

Biossegurança em saúde e enfermagem: Definir o conceito de biossegurança; identificar a utilização da biossegurança; reconhecer a legislação à cerca da biossegurança

Medidas de biossegurança: Reconhecer o conceito de biossegurança; identificar as principais estratégias de ação definidas pelo Ministério da Saúde em relação à biossegurança; descrever ações de biossegurança empregadas no exercício de atividades em enfermagem.

Resolução 222/2018 da ANVISA: Listar os geradores de RSS; explicar as ações envolvidas no gerenciamento dos RSS; descrever as diferentes etapas do plano de gerenciamento de RSS.

Riscos químicos: Identificar os riscos químicos existentes no(s) ambiente(s) de trabalho; classificar os agentes químicos quanto ao risco à saúde; descrever problemas na saúde humana decorrente da exposição a agentes químicos.

Resolução 358/2005 da CONAMA: Identificar quem são os geradores de RSS; diferenciar o manejo dos diferentes tipos de resíduos; descrever o Plano de Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde (PGRSS).

Biossegurança e meio ambiente: Ao final desta unidade você deve apresentar os seguintes aprendizados: Definir o conceito de biossegurança; relacionar os aspectos da biossegurança com o meio ambiente; classificar os resíduos que são prejudiciais ao meio ambiente.

 

O QUE VOU APRENDER?

MATRIZ CURRICULAR
1 – Saúde do Trabalhador 20 Horas
- Introdução e histórico sobre a saúde ocupacional
- Enfermagem na saúde do trabalhador
2 – Doenças Ocupacionais 50 horas
- Doenças ocupacionais
- A educação na saúde laboral e nas doenças ocupacionais
- Doenças ocupacionais: LER e DORT
- Assistência de enfermagem às doenças ocupacionais
- Riscos Ocupacionais
3 – Políticas Públicas em Saúde do Trabalhador 40 horas
- Legislação do Sistema Único de Saúde (SUS)
- Sistema Único de Saúde (SUS)
- Políticas públicas de saúde e legislação em saúde do trabalhador
- Políticas Públicas de Atenção à Saúde do Trabalhador
4 – Normas Regulamentadoras 10 horas
- Normas Regulamentadoras - NR´s.
5 – Saúde do Trabalho no Teletrabalho 10 horas
- A saúde do trabalhador em teletrabalho
6 – Urgência e Emergência 70 horas
- Urgências e emergências em saúde do trabalhador
- Emergência x urgência; sinais x sintomas
- Protocolos para emergências clínicas e traumáticas
- Cuidados de enfermagem aos pacientes em parada cardiorrespiratória e crise hipertensiva
- Hipertermia e Insolação
- Intoxicações e Envenenamentos
- Emergências clínicas associadas à perda da consciência e a alterações no sistema cardiovascular
7 – Legislação aplicada a saúde do trabalhador 40 horas
- Legislação e normas regulamentadoras relacionadas à saúde do trabalhador
- Princípios, relação de emprego e direitos trabalhistas
- O direito do trabalhador e as atuais tendências previdenciárias
- Hora extra e adicionais
8 – Ética no Trabalho 30 horas
- Código de ética da profissão
- Ética profissional em enfermagem
- Aspectos éticos e legais do exercício profissional em enfermagem
8 – Consultoria em Enfermagem do Trabalho 30 horas
- O que é ser um consultor
- Amplitude da Consultoria
- Tipos de consultoria
9 – Ergonomia no Trabalho 50 horas
- Análise Ergonômica do Trabalho (AET)
- Ergonomia no trabalho
- Antropometria: Escala humana
- O Sistema Homem-Tarefa-Máquina (SHTM): Dispositivos e controle
- Antropometria e laudos ergonômicos
10 – Biossegurança no Trabalho 50 horas
- Biossegurança em saúde e enfermagem
- Medidas de biossegurança
- Resolução 222/2018 da ANVISA
Riscos químicos
Resolução 358/2005 da CONAMA
Biossegurança e meio ambiente
TOTAL DA CARGA HORÁRIA 400 Horas