VESTIBULAR 2022 INSCREVA-SE

GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM FISIOTERAPIA

Curso AUTORIZADO pela Portaria Ministerial n 1.263 de 18-11-2021, publicado no DOU 19-11-2021

Competências e Habilidades do Graduado em Fisioterapia da FACULDADE AJES

As DCN’s para a graduação em Fisioterapia são abrangentes e claras no tocante à relação de habilidades e competências específicas a serem requeridas do formando egresso/profissional, as quais são abaixo transcritas, corroborando, assim, o comprometimento desta IES para que os conhecimentos necessários à materialização das respectivas competências e habilidades específicas sejam efetivamente alcançados. Outrossim, demais competências e habilidades inerentes ao perfil do egresso fisioterapeuta da AJES já aparecem enviesadas nos campos em que são citadas particularidades para o exercício da fisioterapia. São competências e habilidades do egresso em Fisioterapia:

  1. Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;
  2.  
  3. Atuar nos diversos níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção da saúde, proteção específica, tratamento e diagnóstico precoce, limitação dos danos e reabilitação da saúde, sensibilizado e comprometido com o ser humano;
  4.  
  • Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente, com extrema produtividade na promoção da saúde, baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;
  •  
  1. Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida, e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;
  2.  
  3. Contribuir para a manutenção da saúde, bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas circunstâncias éticas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas;
  4.  
  5. Realizar consultas, avaliações e reavaliações do paciente, colhendo dados, solicitando, executando e interpretando exames propedêuticos e complementares que permitam elaborar um diagnóstico cinético-funcional, para eleger e quantificar as intervenções e condutas fisioterapêuticas apropriadas, objetivando tratar as disfunções no campo da Fisioterapia, em toda sua extensão e complexidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta fisioterapêutica;
  6.  
  • Elaborar criticamente o diagnóstico cinético-funcional e a intervenção fisioterapêutica, considerando o amplo espectro de questões clínicas, científicas, filosóficas, éticas, políticas, sociais e culturais implicadas na atuação profissional do fisioterapeuta, sendo capaz de intervir nas diversas áreas onde sua atuação profissional seja necessária;
  •  
  • Desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde públicos e/ou privados, além de assessorar, prestar consultorias e auditorias no âmbito de sua competência profissional;
  •  
  1. Prestar esclarecimentos, solucionar dúvidas e orientar o indivíduo e os seus familiares sobre o processo terapêutico;
  2.  
  3. Manter a confidencialidade das informações, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;
  4.  
  5. Encaminhar o paciente, quando necessário, a outros profissionais, relacionando e estabelecendo um nível de cooperação com os demais membros da equipe de saúde;
  6.  
  • Manter controle sobre a eficácia dos recursos tecnológicos pertinentes à atuação fisioterapêutica, garantindo sua qualidade e segurança;
  •  
  • Conhecer e aplicar métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos;
  •  
  • Conhecer os fundamentos históricos, filosóficos e metodológicos da Fisioterapia;
  •  
  1. Conhecer as diferentes modalidades de intervenção;
  2.  
  • Conhecer o sistema de saúde vigente no país e estar apto a atuar na atenção integral à saúde, no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contrarreferência.