PROCESSO SELETIVO 2023 INSCREVA-SE

GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM FISIOTERAPIA

Curso AUTORIZADO pela Portaria Ministerial n 1.263 de 18-11-2021, publicado no DOU 19-11-2021

OBJETIVO GERAL DO CURSO

O Curso de Bacharelado em Fisioterapia da Faculdade AJES tem por objetivo geral formar fisioterapeutas com as seguintes características gerais:

  • Atenção à saúde: o fisioterapeuta, dentro de seu âmbito profissional, deve estar apto a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde, sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas e de procurar soluções viáveis, tendo em vista o contexto regional em que está inserido, agindo dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética;
  • Tomada de decisões: o trabalho do fisioterapeuta deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões em relação ao uso apropriado e à eficácia da força de trabalho, técnicas, recursos e procedimentos terapêuticos;
  • Comunicação: o fisioterapeuta deve fazer uso de uma boa comunicação verbal e não-verbal, ter habilidades de escrita e leitura e conhecer tecnologias de comunicação e informação;
  • Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, o fisioterapeuta deverá estar apto a assumir posições de liderança, sempre tendo em vista o bem-estar da comunidade;
  • Administração e gerenciamento: o fisioterapeuta deve estar apto a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e a administração da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que deve estar apto a ser empreendedor, gestor, empregador ou líder na equipe de saúde;
  • Educação permanente: o fisioterapeuta deve ser capaz de aprender continuamente, tanto na sua formação acadêmica quanto na sua prática clínica. Dessa forma, ele deve “aprender a aprender” e ter responsabilidade e compromisso com a sua própria educação e com o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, proporcionando condições para que haja benefício para toda a categoria profissional.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

O Curso de Bacharelado em Fisioterapia da AJES tem como objetivos específicos:

  • Formar profissionais cidadãos, com visão global, crítica e humanista para a inserção em setores profissionais; aptos a tomarem decisões em um mundo diversificado, globalizado e interdependente;
  • Assimilar criticamente o conhecimento técnico-científico, as habilidades e competências essenciais à prevenção, promoção e recuperação da saúde humana;
  • Promover a inserção profissional nos diversos níveis de atenção à saúde para atuarem em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde e, assim, comprometer-se com o respeito e valorização da vida humana;
  • Capacitar o profissional a atuar multiprofissional, interdisciplinar e transdisciplinarmente, com vistas à promoção da saúde, com base na ciência, na cidadania e na ética;
  • Contribuir para a manutenção da saúde, bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas convicções éticas, deontológicas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas;
  • Preparar para a realização de consultas fisioterapêuticas, avaliações e reavaliações do paciente por meio de coleta de dados;
  • Preparar profissionais capazes para solicitar, executar e interpretar exames propedêuticos e complementares que permitam elaborar um diagnóstico cinético funcional, para eleger e quantificar as técnicas, recursos e condutas fisioterapêuticas apropriadas, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta fisioterapêutica;
  • Elaborar, criticamente, o amplo espectro de questões clínicas, científicas, filosóficas, éticas, políticas, sociais e culturais implicadas na atuação profissional do fisioterapeuta, com vistas a intervir nas diversas áreas em que sua atuação profissional seja necessária;
  • Propiciar o desenvolvimento do senso crítico e investigador, necessários para empreender contínua formação na sua práxis profissional;
  • Desenvolver e executar projetos de pesquisa e extensão que contribuam na produção do conhecimento, socializando o saber científico produzido;
  • Garantir o exercício da profissão de forma articulada ao contexto social e entendê-la como uma forma de participação e contribuição social;
  • Habilitar para o desempenho de atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde públicos ou privados, além de assessorar, prestar consultorias e auditorias no âmbito de sua competência profissional, bem como emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios;
  • Capacitar para prestar esclarecimentos, sanar dúvidas, orientar o indivíduo e os seus familiares na sequência do processo terapêutico;
  • Garantir os princípios da confidencialidade das informações, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral.

PERFIL PROFISSIONAL DO EGRESSO

O Curso de Bacharelado em Fisioterapia da Faculdade AJES tem como perfil do egresso uma formação generalista, humanística, crítica e reflexiva ? pela qual este profissional esteja capacitado a atuar em todos os níveis de atenção à saúde, com base no rigor científico e intelectual. Este profissional deve ter uma visão holística, respeitando os princípios éticos e culturais do indivíduo e da sociedade. Ser capacitado e ter como objeto de estudo permanente o movimento humano em todas as suas formas de expressão e potencialidades, quer nas mudanças patológicas e cinético-funcionais, quer nas suas repercussões psíquicas e orgânicas, objetivando preservar, desenvolver e restaurar a integridade de órgãos, sistemas e funções, desde a elaboração do diagnóstico físico e funcional à eleição e execução dos procedimentos fisioterapêuticos pertinentes a cada situação.

Estando em pleno acordo com o perfil traçado, o profissional a ser formado pela Faculdade AJES deverá ter competência para atuar em diferentes níveis de assistência à saúde, como em programas de promoção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, respeitando o ser humano e agindo sempre de acordo com os conhecimentos técnicos e científicos da Fisioterapia, de forma condizente com os princípios éticos e bioéticos relacionados ao exercício de sua profissão.

Além de poder promover atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde pública ou privada, poderá prestar serviços de consultoria, refletir, analisar e elaborar criticamente questões científicas e sociais em saúde implicadas na atuação do Fisioterapeuta, podendo ter condições de intervir nas áreas de Fisioterapia comunitária, hospitalar e clínica.

Ainda no âmbito da promoção de saúde, saberá planejar, atuar, acompanhar e avaliar ações de programas de promoção da saúde na prevenção de doenças, reabilitação e recuperação do indivíduo, de forma humana, valorizando e respeitando a vida.

Sempre usar do senso crítico, investigativo e de autonomia pessoal e intelectual necessários para empreender a contínua qualificação de sua práxis profissional, sabendo eleger técnicas, recursos e condutas apropriadas, objetivando tratar os distúrbios no campo do movimento humano, em toda sua extensão e complexidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta e/ou pelo acompanhamento fisioterapêutico.

O egresso deverá ser também capaz de desenvolver e executar projetos de investigação na área de saúde, que contribuam na produção do conhecimento, socializando o saber produzido e aplicando-o no cotidiano de sua atuação profissional, bem como acompanhar, incorporar e avaliar inovações científicas e tecnológicas pertinentes à sua prática profissional, sem perder de vista seu compromisso social.

O profissional atuará multiprofissionalmente, interdisciplinar e transdisciplinarmente, com excelente produtividade na promoção da saúde, baseado na convicção científica, nos conhecimentos da Fisioterapia, na cidadania e na conduta ética.

Para tanto, deverá estar consciente e comprometido com o aprender continuamente, tanto o conhecimento em sua modalidade teórica quanto prática, tendo responsabilidade e compromisso com sua educação e a de futuros profissionais em sua área de atuação.

COMPETÊNCIAS E HABILIDADES

As DCN’s para a graduação em Fisioterapia são abrangentes e claras no tocante à relação de habilidades e competências específicas a serem requeridas do formando egresso/profissional, as quais são abaixo transcritas, corroborando, assim, o comprometimento desta IES para que os conhecimentos necessários à materialização das respectivas competências e habilidades específicas sejam efetivamente alcançados. Outrossim, demais competências e habilidades inerentes ao perfil do egresso fisioterapeuta da AJES já aparecem enviesadas nos campos em que são citadas particularidades para o exercício da fisioterapia. São competências e habilidades do egresso em Fisioterapia:

  1. Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional;
  2. Atuar nos diversos níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção da saúde, proteção específica, tratamento e diagnóstico precoce, limitação dos danos e reabilitação da saúde, sensibilizado e comprometido com o ser humano;
  • Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente, com extrema produtividade na promoção da saúde, baseado na convicção científica, de cidadania e de ética;
  1. Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida, e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema;
  2. Contribuir para a manutenção da saúde, bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas circunstâncias éticas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas;
  3. Realizar consultas, avaliações e reavaliações do paciente, colhendo dados, solicitando, executando e interpretando exames propedêuticos e complementares que permitam elaborar um diagnóstico cinético-funcional, para eleger e quantificar as intervenções e condutas fisioterapêuticas apropriadas, objetivando tratar as disfunções no campo da Fisioterapia, em toda sua extensão e complexidade, estabelecendo prognóstico, reavaliando condutas e decidindo pela alta fisioterapêutica;
  • Elaborar criticamente o diagnóstico cinético-funcional e a intervenção fisioterapêutica, considerando o amplo espectro de questões clínicas, científicas, filosóficas, éticas, políticas, sociais e culturais implicadas na atuação profissional do fisioterapeuta, sendo capaz de intervir nas diversas áreas onde sua atuação profissional seja necessária;
  • Desempenhar atividades de planejamento, organização e gestão de serviços de saúde públicos e/ou privados, além de assessorar, prestar consultorias e auditorias no âmbito de sua competência profissional;
  1. Prestar esclarecimentos, solucionar dúvidas e orientar o indivíduo e os seus familiares sobre o processo terapêutico;
  2. Manter a confidencialidade das informações, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral;
  3. Encaminhar o paciente, quando necessário, a outros profissionais, relacionando e estabelecendo um nível de cooperação com os demais membros da equipe de saúde;
  • Manter controle sobre a eficácia dos recursos tecnológicos pertinentes à atuação fisioterapêutica, garantindo sua qualidade e segurança;
  • Conhecer e aplicar métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos;
  • Conhecer os fundamentos históricos, filosóficos e metodológicos da Fisioterapia;
  1. Conhecer as diferentes modalidades de intervenção;
  • Conhecer o sistema de saúde vigente no país e estar apto a atuar na atenção integral à saúde, no sistema regionalizado e hierarquizado de referência e contrarreferência.