PROCESSO SELETIVO 2023 INSCREVA-SE

GRADUAÇÃO - BACHARELADO EM ENGENHARIA CIVIL

Curso AUTORIZADO pela Portaria Ministerial n 1.222 de 08-11-2021, publicado no DOU 09-11-2021

OBJETIVOS DO CURSO

Os objetivos do Curso de Engenharia Civil foram concebidos em conformidade com a Resolução CNE/CES Nº2/2019, e serão implementados buscando-se uma coerência com o perfil profissional do egresso, com a estrutura curricular proposta, com o contexto educacional atual, com características locais e regionais e, sobretudo, com práticas inovadoras no campo da Engenharia Civil.

Objetivo Geral

O objetivo geral do Curso Superior de Engenharia Civil, em consonância com a  Resolução CNE/CES N º2 de 24 de abril de 2019, é capacitar o engenheiro com formação generalista, científico-tecnológica, humanista, crítica e reflexiva, capacitado a absorver e desenvolver novas tecnologias, estimulando a sua atuação crítica, responsável e criativa na identificação e resolução de problemas, considerando seus aspectos políticos, econômicos, sociais, ambientais e culturais, com visão ética e humanística, em atendimento às demandas da sociedade, e assim preparar um profissional capacitado para atender às necessidades e expectativas do mercado de trabalho e da sociedade, com competência para formular, sistematizar e socializar conhecimentos em suas áreas de atuação. Esse profissional será assim dotado de raciocínio crítico, lógico, matemático, mecânico e físico, o que o qualificará para promover e administrar mudanças nos processos de produção, comprometido com o desenvolvimento nacional, preparado para exercer sua profissão em organizações públicas ou privadas, bem como na condição de empreendedor, com ética e responsabilidade social, observando a legislação, a segurança e os impactos ambientais.

Objetivos Específicos 

  • Formar profissionais com espírito empreendedor, visão do contexto social, compromisso ético e aptidão para atuarem nas diversas áreas que compõem o campo da Engenharia Civil como: Construção Civil, Estruturas, Saneamento e Meio Ambiente, Recursos Hídricos e Energéticos, Geotecnia e Transporte;
  • Proporcionar visão ampla e abrangente dos processos, bem como dos agentes sociais, econômicos, jurídicos e institucionais que interagem com os mesmos;
  • Desenvolver e aprimorar no aluno a capacidade de análise crítica das diferentes variáveis científicas, tecnológicas, econômicas, sociais e políticas inerentes às atividades múltiplas da Engenharia Civil, de forma que lhe permita atuar positivamente na gestão e na tomada de decisões;
  • Proporcionar uma formação humanística e ética que possa qualificar engenheiros civis para atuarem no mercado, conscientes da sua responsabilidade social e dos princípios éticos na sua atividade profissional;
  • Capacitar seus egressos para elaborar, coordenar, implantar e operar projetos, além de fiscalizar e supervisionar as atividades incluídas nas atribuições do engenheiro civil;
  • Fornecer sólidos conhecimentos teóricos e práticos necessários e que capacitem o egresso a projetar, conduzir experimentos e interpretar resultados;
  • Capacitar o futuro engenheiro para aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à engenharia; e
  • Oportunizar o desenvolvimento de habilidades para pesquisa que levem o egresso a identificar, formular e resolver problemas de engenharia.

PERFIL DO EGRESSO

O aluno egresso do curso de Engenharia Civil da Faculdade AJES deverá estar preparado para desenvolver suas atribuições, pautadas em sólido conhecimento científico e tecnológico, demonstrando competência técnica, postura ética e responsável no exercício da sua profissão, em quaisquer que sejam as instâncias em que atue, de forma a desenvolver relacionamentos íntegros e de confiança com o campo de trabalho e a sociedade em geral.

O Perfil do Egresso do curso de graduação em Engenharia Civil deve compreender, entre outras, as seguintes características:

  1. Ter visão holística e humanista, ser crítico, reflexivo, criativo, cooperativo e ético e com forte formação técnica e científica;
  2. Estar apto a pesquisar, desenvolver, adaptar e utilizar novas tecnologias, com atuação inovadora e empreendedora;
  • Ser capaz de reconhecer as necessidades dos usuários, formular, analisar e resolver, de forma criativa, os problemas de Engenharia;
  1. Adotar perspectivas multidisciplinares e transdisciplinares em sua prática;
  2. Considerar os aspectos globais, políticos, econômicos, sociais, ambientais, culturais e de segurança e saúde no trabalho;
  3. Atuar com isenção e comprometimento com a responsabilidade social e com o desenvolvimento sustentável.

Espera-se também que o egresso seja habilitado a atuar competitivamente em um planeta globalmente integrado, antecipando-se às constantes mutações de mercado, percebendo as vantagens competitivas oferecidas por uma economia aberta e sabendo tirar proveito de tal irreversível processo.  Além disso, o profissional formado pela Faculdade AJES precisa entender a realidade da região onde está inserido, buscando atender às necessidades específicas das pessoas e empresas que dela fazem parte.

   Para consolidar concretamente o perfil definido, mister se faz definir-se algumas competências e habilidades exigíveis no processo de formação profissional dos egressos, tais como:

Competências Gerais

O curso de Bacharelado em Engenharia Civil tem por objetivo dotar o profissional de conhecimentos requeridos para o exercício das seguintes competências e habilidades previstas na Resolução CNE/CES 02, de 24 de abril de 2019, sendo:

  1. Formular e conceber soluções desejáveis de engenharia, analisando e compreendendo os usuários dessas soluções e seu contexto:
    1. Ser capaz de utilizar técnicas adequadas de observação, compreensão, registro e análise das necessidades dos usuários e de seus contextos sociais, culturais, legais, ambientais e econômicos;
    2. Formular, de maneira ampla e sistêmica, questões de engenharia, considerando o usuário e seu contexto, concebendo soluções criativas, bem como o uso de técnicas adequadas.
  2. Analisar e compreender os fenômenos físicos e químicos por meio de modelos simbólicos, físicos e outros, verificados e validados por experimentação:
    1. Ser capaz de modelar os fenômenos, os sistemas físicos e químicos, utilizando as ferramentas matemáticas, estatísticas, computacionais e de simulação, entre outras;
    2. Prever os resultados dos sistemas por meio dos modelos;
    3. Conceber experimentos que gerem resultados reais para o comportamento dos fenômenos e sistemas em estudo;
    4. Verificar e validar os modelos por meio de técnicas adequadas.
    5. Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos (bens e serviços), componentes ou processos:
    6. Ser capaz de conceber e projetar soluções criativas, desejáveis e viáveis, técnica e economicamente, nos contextos em que serão aplicadas;
    7. Projetar e determinar os parâmetros construtivos e operacionais para as soluções de Engenharia;
    8. Aplicar conceitos de gestão para planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de Engenharia.
  3. Implantar, supervisionar e controlar as soluções de Engenharia:
    1. Ser capaz de aplicar os conceitos de gestão para planejar, supervisionar, elaborar e coordenar a implantação das soluções de Engenharia;
    2. Estar apto a gerir, tanto a força de trabalho quanto os recursos físicos, no que diz respeito aos materiais e à informação;
    3. Desenvolver sensibilidade global nas organizações;
    4. Projetar e desenvolver novas estruturas empreendedoras e soluções inovadoras para os problemas;
    5. Realizar a avaliação crítico-reflexiva dos impactos das soluções de Engenharia nos contextos social, legal, econômico e ambiental.
  4. Comunicar-se eficazmente nas formas escrita, oral e gráfica:
    1. Ser capaz de expressar-se adequadamente, seja na língua pátria ou em idioma diferente do Português, inclusive por meio do uso consistente das tecnologias digitais de informação e comunicação (TDIC’s), mantendo-se sempre atualizado em termos de métodos e tecnologias disponíveis.
  5. Trabalhar e liderar equipes multidisciplinares:
  6. Ser capaz de interagir com as diferentes culturas, mediante o trabalho em equipes presenciais ou a distância, de modo que facilite a construção coletiva;
  7. Atuar, de forma colaborativa, ética e profissional em equipes multidisciplinares, tanto localmente quanto em rede;
  8. Gerenciar projetos e liderar, de forma proativa e colaborativa, definindo as estratégias e construindo o consenso nos grupos;
  9. Reconhecer e conviver com as diferenças socioculturais nos mais diversos níveis em todos os contextos em que atua (globais/locais);
  10. Preparar-se para liderar empreendimentos em todos os seus aspectos de produção, de finanças, de pessoal e de mercado.
  • Conhecer e aplicar com ética a legislação e os atos normativos no âmbito do exercício da profissão:
    1. Ser capaz de compreender a legislação, a ética e a responsabilidade profissional e avaliar os impactos das atividades de Engenharia na sociedade e no meio ambiente;
    2. Atuar sempre respeitando a legislação, e com ética em todas as atividades, zelando para que isto ocorra também no contexto em que estiver atuando.
  • Aprender de forma autônoma e lidar com situações e contextos complexos, atualizando-se em relação aos avanços da ciência, da tecnologia e aos desafios da inovação:
    1. Ser capaz de assumir atitude investigativa e autônoma, com vistas à aprendizagem contínua, à produção de novos conhecimentos e ao desenvolvimento de novas tecnologias;
    2. Aprender a aprender.

Competências Específicas do Engenheiro Civil

  1. Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;
  2. Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos, organização de indústrias e processos de gestão de serviços;
  • Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de Engenharia Civil, além de identificar, formular e resolver problemas da área;
  1. Desenvolver e/ou utilizar novas ferramentas e técnicas para redução de custo e melhoria do processo industrial;
  2. Gerir a operação e a manutenção de sistemas e arranjos físicos economicamente viáveis e ecologicamente corretos;
  3. Aplicar conhecimentos matemáticos, científicos, tecnológicos e instrumentais à Engenharia;
  • Utilizar ferramental matemático e estatístico para modelar sistemas e auxiliar na tomada de decisões;
  • Projetar e conduzir experimentos e interpretar resultados;
  1. Identificar, modelar e resolver problemas;
  2. Conceber, projetar e analisar sistemas, produtos e processos;
  3. Planejar, supervisionar, elaborar e coordenar projetos e serviços de engenharia;
  • Dimensionar e integrar recursos físicos, humanos e financeiros, a fim de produzir com eficiência e ao menor custo, considerando a possibilidade de melhorias contínuas;
  • Inovar e empreender desenvolvendo e/ou utilizando novas ferramentas e técnicas;
  • Supervisionar a operação e a manutenção de sistemas;
  1. Avaliar criticamente a operação e a manutenção de sistemas;
  • Prever e analisar demandas;
  • Utilizar conhecimentos científicos e tecnológicos para projetar produtos ou melhorar suas características e funcionalidades;
  • Incorporar conceitos e técnicas de qualidade em todo o sistema produtivo, aprimorando produtos e processos, e produzindo normas e procedimentos de controle e auditoria;
  • Prever a evolução dos cenários produtivos, percebendo a interação entre as organizações e seus impactos sobre a competitividade;
  1. Avaliar o impacto das atividades da engenharia no contexto social e ambiental;
  • Avaliar a viabilidade econômica de projetos de engenharia;
  • Gerenciar e otimizar o fluxo de informações nas empresas;
  • Dominar técnicas computacionais.

Campos de Atuação

O Engenheiro Civil pode atuar na construção de edifícios residenciais, comerciais e públicos, na elaboração, coordenação, supervisão, planejamento, acompanhamento, gerenciamento e fiscalização de obras e de projetos em geral, além das reformas e manutenções correntes, seja qual for a modalidade de contrato. Em função de sua extensa formação, o engenheiro civil pode atuar em obras como ferrovias, aeroportos, portos, estradas e pavimentação, usinas hidrelétricas, sistemas de saneamento básico e de abastecimento de água, além da área de construção convencional. Poderá atuar, ainda, em empresas privadas, instituições públicas, organizações não-governamentais, entidades civis organizadas, bem como nos serviços autônomos e nas atividades de pesquisa e inovação.

O desenvolvimento do perfil e das competências, estabelecidas para o egresso do curso de graduação em Engenharia, visa à atuação em campos da área geral e correlatas, podendo compreender uma ou mais das seguintes áreas de atuação:

  1. Atuação em todo o ciclo de vida e contexto do projeto de produtos (bens e serviços) e de seus componentes, sistemas e processos produtivos, inclusive inovando-os;
  2. Atuação em todo o ciclo de vida e contexto de empreendimentos, inclusive na sua gestão e manutenção; e
  • Atuação na formação e atualização de futuros engenheiros e profissionais envolvidos em projetos de produtos (bens e serviços) e empreendimentos.